Comunidade escolar comemora reconstrução de ginásio em Mar Vermelho

Ginásio poliesportivo Rosa Maria Maia Procópio foi entregue neste sábado (2) e vai beneficiar estudantes das redes estadual e municipal e população em geral

 

Há anos sem um espaço físico apropriado para a prática desportiva, a comunidade escolar de Mar Vermelho recebeu com grande alegria a recuperação e entrega do Ginásio Poliesportivo Rosa Maria Maia Procópio, realizada neste sábado (2), pelo governador Renan Filho.

A solenidade encerrou as ações da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) nesta sétima edição do Governo Presente, na região do Vale do Paraíba. O espaço beneficiará mais de 400 estudantes das redes estadual e municipal, além da população em geral.

Destacando a importância do esporte para a integração e manutenção dos alunos na sala de aula, o diretor da Escola Estadual Silvério Lins, Marcello Christiano, se diz aliviado, após quase seis anos sem espaço apropriado para a prática desportiva.

“As nossas aulas eram só teóricas; não tínhamos espaços para a prática, com um ginásio ao lado da escola, parado há quase seis anos. Para fazer alguma atividade tínhamos que nos deslocar por cerca de um quilômetro. Em 2016, para participar do Jeal [Jogos Estudantis de Alagoas], eram quase 10 quilômetros até uma quadra no povoado vizinho para poder treinar. Agora nossa quadra está aí. O esporte é indispensável para o ambiente escolar, socializa, agrega e promove boa convivência”, declarou Marcello.

O diretor informou que a partir dos recursos descentralizados recentemente para a unidade, foram adquiridos R$ 9 mil em materiais para a prática de esportes.

“Compramos bolas de futsal, basquete, handebol, mesa de pingue-pongue, petecas, bolas de ginásticas, entre outros. Temos um bom material agora; só estávamos esperando a liberação do ginásio para iniciarmos as nossas atividades”, afirma.

Os estudantes também comemoram. “Agora vai ficar bem melhor para treinar e, quem sabe, buscar um primeiro lugar no Jeal do ano que vem”, afirmou Carlos Emanuel, aluno do 3º ano.

“Vai ajudar bastante. Tanto a gente agora vai ter aula prática de educação física, como a comunidade também vai ter um espaço centralizado na cidade para as suas ações. Vai ficar bom para todo mundo”, garante Thiago Augusto, também estudante do 3º ano.

 

Recuperação

 

De acordo com o superintendente de Infraestrutura da Seduc, Djaci Magalhães, o ginásio foi totalmente recuperado. “Trocamos todo o piso, coberta, parte elétrica, foi feita a pintura do prédio e colocado alambrado, além do cuidado com a acessibilidade, que antes não tinha. Agora é possível a prática de várias modalidades, como basquete, voleibol, futsal no ginásio, que também passou a contar com vestiários masculino e feminino e depósito para a guarda de materiais esportivos”, explica.